Clarear os dentes é um procedimento estético bastante procurado por quem deseja valorizar o sorriso. Dentes brancos e bem cuidados fazem parte de uma boa apresentação pessoal e podem fazer toda a diferença.

Existem diversas técnicas de clareamento. O paciente que deseja fazer o clareamento dental deve procurar um dentista para que ele avalie qual o melhor método. Somente o profissional poderá te dizer qual o tipo de clareamento irá promover o resultado que você deseja para os seus dentes. E se será necessária a associação de mais de uma técnica.

O clareamento caseiro é a técnica em que o paciente faz uso do produto em casa, através de uma moldeira. Porém, mesmo ele sendo caseiro é fundamental que seja supervisionada por um profissional. O dentista irá controlar a quantidade e tempo de produto que o paciente irá usar, e até que ponto o dente deve ser clareado. O uso excessivo do gel clareador pode trazer danos aos seus dentes:

– Um produto inadequado para o seu caso aumenta o risco de efeitos indesejáveis como a sensibilidade;

– O paciente pode não obter o efeito desejado caso aplique o produto em um dente que não tem indicação para clareamento caseiro (ex: elementos tratados endodonticamente, elementos com restaurações estéticas extensas);

– É preciso cuidado com a aplicação do gel, pois quando usado de maneira indevida pode causar lesões em tecidos moles (gengiva).

 

Por se tratar de um procedimento conservador o clareamento não apresenta riscos quando é bem indicado e feito sob supervisão de um dentista. O único efeito colateral mais comum durante o tratamento é a sensibilidade dentária. Ela deve ser relatada ao dentista, que então avaliará a necessidade de intervir com aplicação de flúor, dessensibilizantes ou cremes dentários. Em casos mais graves e raros pode acontecer a suspensão do tratamento.

Não é possível detectar o nível de sensibilidade que o paciente sentirá durante o processo de clareamento dental. Algumas pessoas alegam sentir apenas pouca sensibilidade ao ingerir alimentos quentes ou gelados, enquanto outras alegam uma grande dor em determinados dentes. Esta sensibilidade tende a desaparecer após o processo de clareamento.

O paciente deve ter alguns cuidados durante o processo de clareamento, dentre eles está: evitar alimentos e bebidas com muito corante, não fumar, escovar os dentes sempre após as refeições,

Quando são seguidas as orientações e os hábitos alimentares são modificados, os resultados do clareamento podem durar até 2 anos. À medida que os dentes entram em contato com substâncias capazes de pigmentar o esmalte, esse tempo diminui.

Alguns grupos não conseguem manter os resultados após o clareamento, como fumantes e pessoas que ingerem café, refrigerantes com corantes ou chás demasiadamente. Em média, esses indivíduos precisam realizar o retoque, que também é feito em casa, de 6 em 6 meses. Já os que estão fora desse grupo podem ou não precisar de retoques. Para isso, deve-se aguardar a avaliação do dentista.

O sucesso do tratamento depende muito da colaboração do paciente, que deve se atentar à maneira correta de aplicação do gel e seguir sempre as orientações do dentista.

           

Se ainda tiver alguma dúvida pode me chamar no Whatsapp:

  (91) 98152-8805