Você sabe o que é o diastema? É o espaço existente entre os dentes, que costuma ser mais visto nos incisivos centrais superiores. Considerada algo bonito para alguns, um incômodo para outros, o diastema divide opiniões entre os pacientes. Mas do ponto de vista profissional, ele é considerado um problema estético. De uma forma generalizada, trata-se de um desajuste na harmonia do sorriso.

Muitas vezes ele é causado pelo freio labial, que aquele tecido fibroso que une o lábio à gengiva.

Sendo que quando este freio labial não se reduz espontaneamente, durante o desenvolvimento dos dentes, ele acaba por afastar os dentes gerando um diastema.

O diastema pode estar associado a outras causas também como:

  • Respiração bucal: que geralmente ocorre por algum bloqueio da respiração nasal
  • Sucção de dedos: geralmente se dá pela sucção do polegar
  • Deglutição atípica: que é a maneira incorreta de engolir os alimentos
  • Interposição lingual durante a fala: onde a língua se projeta sobre os dentes empurrando eles para a frente
  • Discrepância ósseo dentária: onde temos uma desproporção do tamanho dos dentes em relação a base óssea que o sustenta
  • Agenesia dentária: ausência da formação do dente
  • Dentes Inclusos: são os dentes que ficaram presos dentro do osso por algum motivo que os impediu de erupcionar
  • Dentes Pequenos ou Conóides: são dentes que nasceram em tamanho ou forma irregular

Portanto para um tratamento adequado, não basta apenas fechar o espaço dos dentes, pois eles podem voltar a abrir novamente.

Um diagnóstico aprofundado buscando os fatores causais do diastema é de suma importância para garantir um resultado estável e duradouro. Uma vez que a tendência de reabertura do diastema sempre é muito grande.

TRATAMENTO:

Para cada situação existe um tratamento diferente. É preciso um diagnóstico sobre a causa e, assim, elaborar um plano de tratamento específico e individualizado. Existem tipos de diastemas mais simples e os mais complexos, cada caso exige uma solução.

Confira algumas opções:

– Manter o diastema. Desde que isso não afete sua saúde bucal e que você não se sinta incomodado com o visual dos dentes. Mas converse com seu dentista pra chegar a essa conclusão.

– Iniciar um tratamento ortodôntico que movimente os dentes e feche o diastema.

– Fazer uma frenectomia, uma cirurgia que reduz o tamanho do freio labial.

– Uso da resina composta para fechamento do espaço, associado ou não ao tratamento ortodôntico, e a cirurgia periodontal.

– Uso de porcelana, prótese fixa ou colocação de implantes no espaços interdentais (somente adultos podem fazer).

– Frenectomia: possibilidade de se fazer procedimento cirurgico para reposicionamento do freio labial para permitir maior flexibilidade do labio. Em crianças, a frenectomia pode fazer com que o espaço se feche por si mesmo. Nos adolescentes e adultos, a eliminação do freio pode exigir o uso de aparelho ortodôntico

– Extração de supranumerários (ou seja, de dentes a mais que se desenvolvem nos maxilares) que muitas vezes contribui para o posicionamento errado dos dentes.

– Gengivoplastia (Cirurgia de gengiva). Às vezes, é necessário equilibrar a harmonia da estética gengival com a dental quando se deseja fechar o espaço interdental, realizando uma plastia no contorno gengival dos dentes envolvidos no tratamento”.

Após a realização dos tratamentos, é muito importante seguir todas as recomendações médicas. A escovação também deve ser realizada diariamente, com atenção especial nesse espaço entre os dentes, além do uso do fio dental e enxaguante para uma limpeza mais completa.

Como evitar o diastema?

Os cuidados precisam começar bem cedo. Prevenção dos dentes de leite, avaliação periódica do crescimento facial da criança para, se necessário, fazer intervenção ortopédica preventiva e associada ou não a intervenção ortodôntica. Avaliar também a presença de dentes supranumerários ou de dentes mal posicionados, a presença de cistos ou qualquer anomalia que possa estar gerando a posição errada dos dentes e tecidos periodontais.

                  

Envie suas dúvidas pelo Whatsapp que estarei te ajudando:

 (91) 98152-8805