O sangramento gengival é o principal sinal da gengivite, e normalmente ocorre em decorrência da falta de higienização. Sempre que o sangramento gengival ocorrer, deve ser um sinal de alerta, e se ele permanecer ocorrendo, sua causa deve ser investigada e tratada em breve.

      

A Gengivite é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover a placa, ela produzirá toxinas que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido, já que o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes no lugar não foram atingidos. Na gengivite, a gengiva adquire a coloração avermelhada intensa e sem brilho. Outras características são a sensibilidade mais intensa na gengiva e o seu sangramento.  Quando não tratada, pode evoluir para a formação de tártaro e para uma forma mais grave da doença.

Na gengivite, ao sondar o sulco gengival, este não deve ter uma profundidade maior que 3 mm. Entretanto, quando a inflamação avança, a profundidade de sondagem será maior do que 3 mm, atingindo assim o osso de suporte. Essa fase da doença periodontal é chamada de periodontite. .

Periodontite: neste estágio, o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são irreversivelmente danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo da gengiva e onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores.

Periodontite avançada: neste estágio final da doença, as fibras e os ossos de sustentação dos dentes estão destruídos, o que faz com que os dentes migrem ou mudem de lugar ou se tornem abalados ou com mobilidade. Isto pode afetar sua mordida e, se o tratamento não for eficaz, você corre o risco de perder seus dentes.

Como posso prevenir a gengivite?

Uma boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é extremamente importante, pois uma vez que a placa se acumula e endurece (ou torna-se tártaro), apenas o dentista pode removê-la.

Você pode prevenir a gengivite da seguinte maneira:

  • Escovação correta e uso apropriado do fio dental para remover placa e restos de alimentos, e do controle do aparecimento de tártaro;
  • Alimentação correta para garantir nutrição adequada;
  • Evitar cigarros e outras formas de tabaco;
  • Ir ao dentista regularmente.

Pacientes que usam aparelho ortodôntico devem ter cuidado redobrado com a escovação, já que o aparelho é um meio de retenção, e facilita o acúmulo de placa. Uma boa higienização é fundamental.

Visite o dentista regularmente.

 

                     

 

Ainda tem dúvidas? Me chame no Whatsapp:

    (91) 98152-8805