Os açúcares são encontrados nos mais diversos alimentos e são nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. O consumo de açúcares é um dos principais inimigos dos dentes e da saúde bucal. Este consumo de modo descontrolado preocupa, pois pode ocasionar sérios problemas bucais, como as cáries. A boca sofre uma mudança de acidez no momento que o açúcar entra em contato com as bactérias já existentes nela, destruindo minerais dos dentes, podendo ocasionar também a gengivite, que se não tratada evolui para problemas mais sérios.

Para evitar o desenvolvimento de doenças como a cárie, o controle da ingestão de açúcares é fundamental. Além de no mínimo três escovações diárias e o uso do fio dental. Como as bactérias bucais agem por volta de apenas 20 segundos quando entram em contato com os dentes, a escovação após o consumo de doces se faz fundamental para um rápido combate a esta deterioração dental.

Para quem tem filhos, é necessário que os cuidados com a higiene bucal deles sejam dobrados. Como as crianças ainda não desenvolveram os dentes e os esmaltes dos dentinhos são mais sensíveis, é fundamental que os pais sempre fiquem de olho na alimentação dos filhos, pois as crianças são um dos grupos que mais sofrem com a ação do açúcar nos dentes.

 

Quais os tipos de açúcares que fazem mal aos dentes?

Três são os açúcares que mais fazem mal aos dentes e, apesar de necessários, é preciso cautela em sua ingestão.

Glicose

A glicose se enquadra nos açúcares simples e é transportada pela corrente sanguínea ao longo de todo o corpo com o intuito de gerar energia. Porém, o açúcar natural, aquele presente nas frutas, arroz, batata e na mandioca não aumentam ao índice de cárie.

Sacarose

Esse é o popular “açúcar do cafezinho”, isso mesmo, o refinado. E é um dos mais prejudiciais, pois possui alta adesividade ao esmalte dental e favorece a proliferação das bactérias. Cana-de-açúcar, mel e os demais industrializados são extremamente prejudiciais se ingeridos mais de 3 vezes ao dia mas, os açúcares da beterraba e algumas plantas e frutas são inofensivos. Óbvio que, se for um “doce” da fruta, o nível de cariogenicidade é altíssimo..

Frutose

Como o próprio nome diz, esse tipo de açúcar está altamente presente nas frutas e é inofensivo, mas, quando industrializado e adicionado aos alimentos pode levar a grandes problemas.

 

As cáries não aparecem de uma hora para outra, há um processo de desmineralização constante para que elas se instalem. Assim, otimizar a remineralização do dente é uma maneira de reverter o quadro. Beba bastante água, tenha uma boa higienização oral, use o fio dental diariamente e converse com seu dentista sobre a aplicação de flúor.

Evitar alimentos onde o açúcar está listado como um dos cinco primeiros ingredientes

Os ingredientes listados na embalagem dos alimentos são colocados em ordem de maior quantidade para menor quantidade. Por isso, se o açúcar está listado nos cinco primeiros, tente evitá-lo. Muitas comidas processadas apresentam grandes quantidades do nutriente e são um prato cheio para as bactérias presentes na cavidade bucal.

Limitar a frequência de ingestão

Comer um docinho aqui e ali é importante, porém é imprescindível limitar a frequência. Ingerir alimentos açucarados ao longo do dia é muito pior do que ingeri-los de uma só vez em um único momento. Escolha uma hora específica para comê-los e faça a higienização correta logo após o consumo. Em outras palavras, limite a frequência em, no máximo, 3 vezes ao dia.

Seguir uma dieta balanceada

Uma dieta balanceada tem tudo o que você precisa para manter seu corpo funcionando de maneira saudável. Portanto, converse com seu nutricionista e tenha um projeto alimentar que contemple todos os nutrientes necessários (incluindo os açúcares) nas quantidades e frequências corretas.

Ter uma boa higienização bucal

Essa é de longe uma das principais formas de minimizar os efeitos dos açúcares. Usar o fio dental corretamente e escovar os dentes, língua, região interna dos lábios, bochechas e também o céu da boca com uma escova de cerdas macias, utilizando creme dental fluoretado é a principal maneira de evitar o aparecimento de cáries. Lembrando que a inflamação na gengiva ou doença periodontal nada tem a ver com açúcar, logo, é imprescindível a higiene bucal adequada e o retorno periódico ao seu dentista.

                         

Dúvidas? Me chame no Whatsapp:

      (91) 98152-8805